Heloisa Jahn

Tradutora de Ida Vitale (Não sonhar flores) na edição brasileira publicada pela Roça Nova.

Nasceu no Rio de Janeiro e cresceu em Montenegro e Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. Viveu fora do Brasil entre 1970 e 1977 e desde 1985 mora em São Paulo. Editora há mais de trinta anos, trabalhou em três casas editoriais da capital paulista: Brasiliense, Companhia das Letras e CosacNaify. Foi editora de cerca de 80 autores brasileiros, sobretudo ficcionistas e poetas.

Tradutora literária, tem cerca de cem títulos traduzidos para todas as idades – sobretudo do espanhol, do francês e do inglês. Hoje trabalha como editora e tradutora independente.

Livros Relacionados

Assine nossa Newsletter